terça-feira, 30 de outubro de 2012

As galochas e o Jumbo


 

A minha garota já no Inverno passado me tinha fartado de pedir umas galochas. Eu cá cada vez que penso em galochas, fico com a ideia de pés ressuados…

Não me atrai, acho úteis em situações específicas e por mais que seja uma onda, uma moda, não gosto!

Depois o preço também não me convidava, aquele valor por calçado de borracha…(é caso para dizer como a minha amiga Elisa :”Pelo amor da santa!!")

O Jumbo fez a maior propaganda às galochas, e as ditas além de terem um preço simpático, pareciam na publicidade até bem girinhas.

No sábado lá fui ao Jumbo com a filhota, o cheiro era nauseabundo, o cheiro de borracha era insuportável junto às prateleiras e ao vivo eram bem feias!!! Nada a ver com a publicidade… Tinham lá um modelo mais ou menos engraçado para a miúda, mas o cheiro estava a dar cabo de mim…

Não havia o número da pimpolha, azar!

Confesso que até fiquei feliz!!

E foi desta forma que eu fui ao Jumbo mas não trouxe as galochas!

Os filhos e os seus pedidos



Que os tempos são difíceis e que se adivinham tempos piores, julgo que ninguém põe em causa. De um modo geral, em todas as famílias, incluindo a minha, há uma contenção nas despesas e inventam-se novas formas de poupar e algumas delas muito criativas, fazem-se novas escolhas à luz do orçamento de cada um.

É também verdade, que os nossos filhos não estão preparados para o que aí vem (e alguns de nós também não) mas também é verdade que os nossos filhos têm mais do que aquilo que realmente precisam, ainda que eles achem que não.

A verdade é que os nossos filhos dão muita importância ao “ter”, valorizam-se muito as coisas que o poder económico pode dar. É o PC XPTO, o último jogo que saiu, a sapatilha de marca…

O meu filho acaba-me de pedir uma PSP Vita como prenda de natal, o preço não é mais nem menos que um valor superior à metade do salário mensal que usufruo.

É certo que se a ele cabe o papel de pedir, a mim cabe o papel de dizer não! É certo que nem sempre é fácil ouvir um não, mas dize-lo também não é uma tarefa melhor.

Ficou frustrado, chorou, fez queixumes, senti até uma certa revolta. Afinal de contas é um bom aluno, educado, bem comportado, miúdo que não trás qualquer chatice para casa, colabora nas tarefas domésticas, diria mesmo que é um filho perfeito. Mas é isso motivo suficiente para ousar pedir uma prenda de valor económico tão elevado?

É aqui que por vezes a nós pais nos ocorre dizer “há meninos que passam fome e tu queres o quê mesmo?”.

Acredito que depois da revolta o tempo trará a aceitação, facto é que conversamos e houve da minha parte uma explicação, fiz-lhe ver com o que conta da parte dos pais e até onde podemos e devemos ir.

Não me preocupa o facto de não ter poder de comprar para lhe oferecer a tão desejada PSP Vita, mas preocupa-me o facto de poder lhe estar a limitar o futuro e limitar as expectativas.

O meu filho é bom aluno, mas não é excelente. Está naquele patamar entre o bom e o excelente em algumas das unidades curriculares. Está naquele estado em que uma aula particular ou duas poderiam ajudar o filhote a ultrapassar essa barreira que ele sozinho não está a conseguir ultrapassar. E isso sim, eu lamento muito não ter o poder financeiro para lhe oferecer, porque sinto que lhe estou a afunilar o caminho do seu futuro, estou a roubar-lhe caminhos e a reduzir expectativas futuras.

O André (meu filho), não tem tudo, mas tem o importante (minha opinião) o supérfluo terá ele que o conquistar.

E nesta forma que eu tenho de estar na vida, a PSP Vita é sem qualquer sombra de dúvida um supérfluo e por isso a alternativa e contraposta minha e do pai foi (e nunca poderia ser outra), que ele próprio juntasse o dinheiro para ela. A nossa contribuição passaria por no próximo aniversário (final de Novembro) e no Natal a prenda que receberia seria dinheiro no lugar de outra lembrança qualquer. Há sempre um familiar ou outro que dá dinheiro, de grão a grão …

Espero que ele reconheça os sacrifícios que eu e o pai fazemos por ele, e que aprenda a lidar com a insatisfação, é certo que quero proteger o meu filho do “mundo”, mas não posso alheá-lo da realidade económica familiar, nem da noção do que é realmente essencial.

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Quando for grande…


"quando for grande eu quero ser...mãe!"
E pensei engenheira, pediatra, cabeleireira, professora, bombeira, médica, costureira...mas não ela quer ser mãe, desde os 3 anos que diz isto, o que anda naquela cabecinha… com 9 anos já devia ter mudado o disco. Não!???!! E hoje acrescentou:
“ e vou viver na tua casa!”
Agora é que o caldo entornou !!

domingo, 28 de outubro de 2012

Menu semanal



Eu faço a ementa todas as semanas porque já me aconteceu no passado chegar a casa na hora do jantar e nem sequer ter nada descongelado e também tem dias que estou sem imaginação para saber o que cozinhar. Para mim a solução passou por planear a ementa semanal, num momento com mais disponibilidade e desta forma a minha vida fica facilitada. Nesse momento verifico também o que tenho na arca e o que pode-me faltar para confecionar essa mesma refeição.

 

Domingo
Almondegas de vaca com conchas milanesa/salada de alface / bolo desfeito com mousse de chocolate
Frango assado com batata frita/salada de alface
2º feira
Dourada grelhada com arroz de legumes /romã
3º feira
Esparguete de vitela / castanha assada
4º feira
Salmão no forno com semente sésamo e batata cozida/ maçã
5º feira
Frango estufado com batata cozida/ gelatina de morango
6º feira
Arroz de lulas/ banana
Sábado
Meia desfeita de grão-de-bico com bacalhau/ gelatina de morango
Rolo de carne recheado com fiambre e queijo/banana

 

 

 

Pescanova



Venho partilhar convosco a receita com que concorri à Promoção “Descubra o Chef que há em si, com Perolasdo Mar Pescanova!”

 

Perolas do mar com açafrão da Índia e ervilhas

 

Ingredientes:

2 embalagens de perolas do mar –Pescanova

2 colheres de sopa de azeite

1 cebola média picada

2 dentes de alho picados

2 tomates maduros cortados em cubinhos e sem pele

1 folha de louro

1 colher de sopa de açafrão das índias em pó

250g de ervilhas

100 ml de vinho branco

 1 caldo Knorr de peixe para fazer 250 ml de caldo de peixe

200 ml de natas

Sal q.b.

Pimenta q.b.

Preparação:

Num tacho, leve ao lume o azeite, a cebola, os alhos, a folha de louro, o tomate. Mexa e deixe refogar.

 

 
Adicione ao refogado as perolas do mar. Tempere com um pouco de sal e pimenta.

Junte o açafrão em pó, as ervilhas, e deixe cozinhar 5 minutos envolvendo tudo.


Junte o vinho branco e o caldo de peixe. Mexa, tape e deixe cozinhar aproximadamente 25 minutos até as ervilhas e as perolas do mar estarem cozidas.

Depois de tudo cozido, adicione as natas. Mexa e deixe apurar alguns minutos.

Depois do molho apurado, está pronto a servir.

Pode acompanhar com arroz branco.

Mudança de planos



Do menu que partilhei por aqui, da semana que acabou, nem tudo foi cumprido com o rigor do que estava escrito.

Acontecimentos, alheios à altura da elaboração do menu, vieram a alterar o prenunciado.

Aconteceu, tanto no dia de 6º feira como no sábado. Na, 6º feira, por motivos de estar a concorrer à promoção: “Descubra o Chef que há em si, com Perolas do Mar Pescanova!”, alterei a ementa planeada pela receita com que concorri - Perolas do mar com açafrão da Índia e ervilhas acompanhado por arroz branco. Mais tarde partilharei a receita com todos vocês.

            Já no sábado, fui com as minhas crianças comprar umas roupas que lhes faziam falta e acabámos os três a almoçar no Mc. Donald´s no palácio do Gelo em Viseu. O jantar acabou por ser uma refeição ligeira, uma sopa acompanhada de uma sandes.

            Ainda não elaborei a ementa da semana, até porque hoje, foi dia de preguiça. Não me recordo da última vez que me levantei tão tarde. Tenho por norma, o hábito de me levantar todos os dias à mesma hora, 7.30h da manhã. Hoje adormeci, levantei-me perto da 11h. Estou a fazer o almoço, o pequeno-almoço não existiu, passou a hora passou a romaria como diz um vizinho meu.

Quando o bolo corre mal…


Fiz uma receita de bolo rápido de chocolate em pó que tirei da net.

Até aqui normal. Quantas receitas eu já tirei da net? Infinitas!

Só que desta vez a receita não correu bem. Escolhi esta receita, por ser rápida e pela curiosidade de levar água quente. Fiz o bolito, e quando o desenformo ele fica feito em pedaços, fofo leve mas completamente desmanchado!

Solução de última hora, coloquei-o numa prato redondo e fundo, fiz uma mousse de chocolate que misturei com os pedaços de bolo. E um bolo “mau” virou uma sobremesa para o almoço de domingo. Pena que não tinha morangos em casa, porque umas natas e morangos por cima era capaz de ficar bem bom!

Tem dias assim, que nem tudo corre como previsto.

domingo, 21 de outubro de 2012

Menu da semana


O fim-de-semana passa num instante, parece que o tempo voa…e apesar de “correr” na pressa de fazer tudo e mais alguma coisa, sempre fica algo da minha lista por fazer!
Aproveitei o sábado para fazer um bolo de passas para o lanche de domingo. E apesar de não ter completado a minha lista de tarefas, deixei-a ficar de lado e aproveitei o domingo para mimar a minha família. Afinal, o trabalho não se azeda, e um dia sem mimos e beijos é um dia que não se recupera mais.
Entretanto já fiz a lista das refeições da próxima semana:
 

 

Domingo
Coelho em vinho tinto com batata cozida / leite-creme
Canja de galinha caseira / romãs
2º feira
Filetes de pescada com molho de camarão e arroz de cenoura /alface /pêra
3º feira
Empadão de galinha- pimento assado / castanha assada
4º feira
Massada de bacalhau / maçã
5º feira
Sopa da pedra / uva
6º feira
Arroz de lulas/ banana
Sábado
Frango assado com batatinhas / alface e tomate /maçã
Sopa de grão-de-bico com abobora/ quiche de atum e espinafre

Especialistas em fazer sonhar

 
O nascimento do pensamento é igual ao nascimento de uma criança: tudo começa com um ato de amor. Uma semente há de ser depositado num ventre vazio. O sêmen do pensamento é o sonho. Por isso os educadores, antes de serem especialistas em ferramentas do saber, deveriam ser especialistas em fazer sonhar.
(Rubem Alves)

sábado, 20 de outubro de 2012

Dia cheio




Cheio de obrigações, de sol e cansaço.  Cheio de responsabilidade e capacidade de enfrentar mais um desafio daqueles que ninguém quer… um fogão para pilotar, roupa para passar e uma casa para arrumar.


Para me acompanhar hoje, para além do sol de Inverno só mesmo esta linda música.

 

 


 

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Percebes que o Verão acabou


 

 

          Sentes mesmo que o verão já se foi, quando dás por ti a secar a roupa na máquina porque no estendal a coisa já não se dá.

 

Morreu


 
 
E nem 5 anos tinha completado!

Está na hora de ir procurar uma nova amiguinha cá para casa!

...


 
Se toda a gente pudesse entrar na minha casa, não tinha portas, tinha cortinas!

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Remar


Porque quando não remam todos para o mesmo lado, o barco fica exatamente no mesmo sítio..(E tenho pena..muita pena).

terça-feira, 16 de outubro de 2012

♫♪ ♫♪Ter asas nos pés ♫♪ ♫♪


 

Sugestão musical da minha Andreia: música da banda portuguesa " Clã" , Asa Delta...
O que fazias com asas nos pés?

Náuseas, sinto náuseas


Há gente que, por falta do que fazer, para além de não se saber colocar no seu lugar, ocupam-se de andar a guardar os passos de outros… é senhores, estou bem guardada e nem preciso de pagar guarda-costas!
Vou ali comprar uma saia, acham que a chame para vir comigo?

Insulto Vs Elogio


 
Quando te atacam gratuitamente por algo que conseguiste com trabalho e esforço e não deves nada a ninguém por isso, ficas com a certeza que essa tua conquista incomoda, e não é como uma amiga minha diz “inveja da boa” seja lá o que isso for, a ti resta-te acatar com muita estima o insulto, é um elogio, ainda que quem o proferiu não o pretendesse fazer, deixou-o escapar…
Faço votos sinceros que sejamos todos felizes, uns com os insultos, outros com a dor de cotovelo…mas felizes!

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Modo Mestrado


 

“A escola inclusiva bla bla bla educação inclusiva..” e eu penso logo, no fórum a comer um geladito com a minha amiguita Lila é que eu estava bem!

Pois então que…


 

Sem que se esperasse tanto, já passamos das 5000 visitas!
Obrigado.

domingo, 14 de outubro de 2012

Estudar



Por aqui estuda-se e muito e tenta-se responder com seriedade à questão:

"Quais os maiores obstáculos à construção de uma escola inclusiva?"

Onde pára a educação




"...eu referi que para este ano eu estava com horário zero e então fui obrigada a concorrer. No entanto, em Agosto, fui repescada para a minha escola porque acabei por ter horário: mais alunos este ano na escola, muitas matrículas a nível de 10º ano, ...
Tenho horário completo, graças a Deus, mas algumas das turmas são difíceis. Apanhei alunos que não vêm nada habituados a trabalhar e agora já se estão a começar (sim, a começar) a aperceber que se não trabalharem, os resultados positivos não vão aparecer.
Uma das turmas que tenho é de 7º ano. Só para terem uma ideia do género de alunos que são digo que, dos vinte alunos que compõem a turma, dezoito, sim leram bem, dezoito são repetentes! A nível de comportamento há casos complicados.
Um dos alunos repetentes, um menino com 14 anos, a caminho dos quinze, e a frequentar o 7º ano, não faz absolutamente nada! Está na aula apenas para conversar e perturbar o trabalho dos colegas e o meu! No 1º dia fui com ele falar ao Diretor da escola. Já levou "recados" no caderno para dar conhecimento aos pais de como ele se portava nas aulas, já ficou de castigo durante parte dos intervalos, e não há nenhuma alteração.
A diretora de turma já contatou os pais, mas estes têm-se mostrado indiferentes ao que se passa com o seu educando. Uma vez a diretora de turma (DT), via telefone, disse ao pai do aluno para o colocar de castigo. O pai sugeriu ideias. Como o aluno gosta muito de andar de mota (não sei que tipo de mota é), a DT disse ao pai para lhe tirar a mota. Resposta do pai: "e depois quem é que o atura?". Não digo mais nada, penso que a frase deste pai diz (disse) tudo!"


tirado daqui :http://ocalordaaprendizagem1.blogspot.pt/2012/10/onde-para-educacao.html

Hoje podia ser assim #2


 
Perfeito para o dia de hoje.

Aproveitar / medidas contra a crise


 

 

Durante a semana a minha mãe deu-me alguns pimentos vermelhos e outros verde. Eu, pessoalmente gosto muito de pimento vermelho e uso imenso nos mais variados pratos cá de casa.

Aproveitei para congelar alguns, para ir usando nos meus pratos culinários. Para ter a certeza que não se estragavam, cortei todos os pimentos vermelhos em pedaços, coloquei em sacos próprios e congelei para ir usando conforme for precisando.

Acho que até ao final deste ano não vou precisar de comprar pimentos. Garanto assim um bom sabor das minhas refeições com a qualidade de alimentos biológicos e a um preço fantástico, poupando no orçamento mensal.

Os pimentos verdes também já têm destino traçado, vou assa-los (e fazer a delicia do meu filhote) e congela-los para ir comendo durante o Inverno.

Tudo se aproveita, nada se estraga e tudo contribui para combater a crise que aí vem.

Polpa de tomate ou tomatada


 

 
Está a começar a altura em que a minha mãe e a minha sogra fica com a horta cheia de tomates, e que me enchem a casa de tomate, costumo congelar para usar durante o ano nos mais diversos pratos. 
Este ano para além delas uma colega de trabalho deu-me um balde de tomates do seu quintal.
Este ano resolvi fazer algo diferente, e resolvi fazer tomatada, para usar em estufados, guisados e mesmo para usar na base de pizzas.



Ingredientes:
Tomates maduros, cebolas, alhos, salsa, louro, sal, pimenta e azeite q.b.

Primeiro, cortei os tomates em pedaços tendo o cuidado de lhes tirar a pele, coloquei num tacho grande com azeite, acrescentei cebolas e alhos, louro, salsa, sal e pimenta q.b.

Deixei cozer durante uma hora, e fui mexendo para não agarrar. Passei tudo com a varinha mágica. Usei frascos, que tinha em casa, de compotas limpos e esterilizados para guardar a tomatada.
 

Após encher os frascos, fechei-os e virei-os de tampa para baixo, num tacho com água (a cobrir a tampa) e levei ao lume para selarem e não se estragar.

menu da semana


Este fim-de-semana, passei muito do meu tempo pela cozinha, aproveitei a oferta de avelãs para fazer um bolo, aproveitei para fazer alguns frascos de tomatada com algum tomate que uma colega de trabalho me deu. Eu depois partilho com vocês como é que fiz num outro post. Entretanto estive a decidir as refeições da próxima semana:
 
Domingo – bacalhau com natas /castanhas assadas
                  Salada russa de atum e ovo/ kiwi
2º feira – restos: bacalhau com natas e caldo verde/ pera
3º feira – empadão de carne/ alface /gelatina de pêssego
4º feira – arroz de tomate e douradinhos/alface /uvas
5º feira – tiras grelhada com batata cozida/alface /maça
6º feira – frango de caril com arroz branco/meloa
Sábado – casa da sogra

sábado, 13 de outubro de 2012

...

 
" Um homem só encontra a mulher ideal quando olhar no seu rosto e vir um anjo, e tendo-a nos braços tiver as tentações que só os demónios provocam".
Pablo Neruda

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Enfermeira má :(


 


Hoje fui levar uma ejeção por causa da coluna, a Sr. enfermeira deu-me cá um trato…quando saí da sala de enfermagem além da coluna em mau estado tinha a nádega que parecia que tinha sido atropelada…. Nem sei o que me doía mais!

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Velocidade


 

 


Há dias que correm a um ritmo estonteante e deixam-me perdida algures entre o sorriso emocionado, a agitação efémera, a alegria disparatada e o cansaço extremo.
É aí, que eu hoje me encontro.

Curso universitário




 

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Kredo ... que susto!!




Por mais que me esforce não consigo ver beleza alguma nesta "arte" de furar o corpo...
Nem digo o que me parecem ...

Tem dias assim


 


Apetecia-me tanto ir trabalhar hoje como levar chutos no traseiro.

Anda ela por ela...

Faltam dois dias para saber o que me espera com o estágio...ando cá numa ansiedade e stress! Dá para torcer pela menina aqui se faz favor, sim??


segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Que sufoco


 


A vida sempre a pôr-me à prova.
E cada vez mais tenho noção disso...mas parar é morrer!

domingo, 7 de outubro de 2012

Vontades que há em mim



Estou com vontades ...

Apetece-me caramujos recheados com chantili, sim perceberam bem com chantili com outro creme qualquer não me servem.

Só penso em caramujos recheados de chantili e só ainda não pedi ao homem pra me ir desencantar os  caramujos recheados com chantili, porque estamos doentinha e era coisinha para não me fazer nada bem.

E pronto, é mesmo isto... caramujos recheados com chantili !

Nas tuas costas...


 

A dinâmica da sociedade em geral e de alguns grupos sociais é quase uma ciência e muito difícil de dominar.

Na ausência de alguém, há sempre uma voz, mais ou menos tímida, que tece comentários mordazes, com mais ou menos consentimento de quem está.

Humano mas abominável.

No entanto, a questão surge em relação aos intocáveis, sobre quem nunca se diz nada (até pelo temor de se lhe cair em desgraça que inevitavelmente mais dia menos dia isso acontece).

Que nome lhes dar: líderes ou crápulas?

BOOOOM dia vida!


 

 

Está um dia fantástico para passear!!

Às vezes distraio-me e não consigo focar-me no que realmente é importante...

dias assim ajudam!

Ajudam a recarregar energias!!

 

 

 

Bom domingo!

sábado, 6 de outubro de 2012

Sons da vida


Nada como uma boa música em bom som para me deixar bem disposta!



Obrigado ao meu amigo H.Jorge, por me apresentar esta música que eu adoro e que nos últimos tempos me tem acompanhado quase diariamente.

Não posso continuar assim!



Tenho que voltar com alguma urgência às minhas corridas/caminhadas!!

Chega de falta de tempo, chega de adiar, chega de desculpas ...

Não é só o corpo que pede, mas principalmente a mente.

Por momentos, de phones nos ouvidos, esqueço o mundo!!

Que esta semana passe depressa!


Prevê-se uma semana cheia de emoções...Só espero ter forças para aguentar!

Confesso...

 


 
...eu gosto de Nicholas Sparks!
 
 
E como o Natal está a chegar quem sabe se o sapatinho me pode trazer este livrinho :)
 

Sonhos ....



"Matar o sonho é matarmo-nos. É mutilar a nossa alma. O sonho é o que temos de realmente nosso, de impenetravelmente e inexpugnavelmente nosso."

Fernando Pessoa

Hoje podia ser assim!!

Perfeito para o dia de hoje.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Novela Gabriela


 

 

Uma cena que não estou a perceber muito bem, é o fascínio de toda a gente, ou pelo menos grande parte, pela novela Gabriela. É certo que nunca vi um episódio completo, só pedaços soltos e nem sei ao certo do que trata, mas até os professores no meu trabalho diziam que viam, amigos meus também dizem que vêm.

É assim tão boa a novela ou é mesmo só por causa da Juliana Paes?

Algo me diz que é mais por causa da Juliana.

Eu cá que já não via novelas há pelo menos 5 aninhos, estou rendida à Avenida Brasil. Esperemos é que o ritmo do desenrolar da história se mantenha… é que guardo na memoria a ideia que as novelas a meio nem andam nem deixam andar, tipo vou de férias e venho e ainda encontro a história no mesmo sítio  !!!

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Complicado


Anda complicado escrever mas não me esqueci que vocês estão desse lado.

Tenham um bom feriado :)